terça-feira, 24 de março de 2009

ONEGAI TWINS anime x mangá

Olá.
Hoje, assim como fiz com Onegai Teacher, eu vou comparar ONEGAI TWINS anime e mangá, mandando para os ares esta tetralogia Onegai. Qual das duas mídias é a melhor? Um pequeno exercício crítico de fã. Uma empreitada arriscada. Mas o faço pelo prazer de deixar minhas impressões sobre esta obra. De repente, ajudar outros fãs que não se inteiraram no assunto (não estou muito seguro desta assertiva, maaass...). E, já que tive acesso às duas mídias, posso expor estas impressões.
Certo. Às informações básicas:

ONEGAI TWINS mangá foi produzido em 2005, com arte de Akikan. Foi publicado no Brasil pela editora JBC em 2008. E, como tal, apresenta muitas diferenças em relação ao anime. Para não me estender demais, vou enumerar apenas as maiores e mais significativas.

ATENÇÃO: SPOILLERS! Se você não assistiu o anime, não leu o mangá, e não quer saber o que acontece em ambas as séries, NÃO PROSSIGA com a leitura do que vem a seguir! Pule direto para o desenho no final!
- Até o oitavo capítulo, o mangá é bem fiel à série. Exceto por alguns episódios do anime que não entraram na versão em mangá, tais como: o drama de Maiku, Miina e Karen para saberem a verdade sobre suas origens (os três mal conseguem cruzar-se no corredor e se olharem sem angustiarem-se); a conversa entre Miina e Karen no banho, onde as duas firmam a aliança amorosa; e o passeio dos três protagonistas na cidade, onde eles se perdem uns dos outros.
- Outra trama que ficou de fora do mangá foi a da relação conflituosa e a reconciliação entre Oribe e Kousei. No anime, é revelado que os dois já tinham sido namorados, mas Oribe brigou com Kousei por este ter, de impulso, colocado a mão em seu seio. Desde então, Kousei arrasta asa para cima de Maiku, dando a impressão de que aquele é gay. Oribe também se interessa por Maiku, e Morino ajuda-a a ficar a sós com o garoto. No entanto, num acidente, Maiku põe a mão no seio de Oribe, e ela fica furiosa. Kousei conta a Maiku sobre sua experiência, e é convencido por este a procurar Oribe e se reconciliar. Dá certo, aparentemente. No mangá, com o corte desta trama, os dois personagens não têm muita razão de ser, portanto (e Maiku acaba ficando menos em paz...).
- Dentro das tramas normais, no entanto, existem pequenas diferenças entre o anime e o mangá. Por exemplo, o sexo de Karen chega a ser questionado por Miina... Mas o resto segue fiel: a chegada de Miina e Karen à casa de Maiku, os questionamentos, o desentendimento entre Miina e Oribe, as "conversinhas" entre Maiku e Kousei, a pajeação de Matagu em cima de Haruko, o episódio onde Miina e Karen vão se candidatar a um emprego no colégio de Maiku (provocando uma grande confusão), a "tara" de Marie por Prech e o episódio passado na praia, com todo mundo junto no mesmo hotel (Maiku, Karen, Miina, Oribe, Kousei, Matagu, Haruko, Kei e Mizuho)...
- Pelo menos no mangá, as "participações" de Kei e Hyosuke têm falas. Já que ambos só tem falas, em TWINS, no OVA... Os outros personagens, felizmente, mantém as características psicológicas do anime. Inclusive Morino e seu voyerismo sádico. Ah: em uma cena, assim como fez em Teacher, Morino implica com Hyosuke.- O episódio da praia. Do episódio da confusão no colégio, o mangá pula direto para esse episódio. É nele em que Karen e Miina firmam a aliança amorosa, após a discussão entre elas e Maiku no ancoradouro. Nessa parte, no mangá, Miina, devido ao problema na perna, cai no mar e é salva por Maiku, bem como Karen se embebeda com o suco oferecido por Morino - fatos que não existem no anime. Isso, além de vermos um momento "idílico" entre Kei e sua mulher Mizuho, na praia, interrompido por Miina. Outra coisa que vale a pena ressaltar nesse episódio foi a estranha solução de metalinguagem das HQ aplicada no mangá: quando Miina vai tirar satisfações com Oribe sobre o uso das verbas do conselho estudantil na viagem de férias, a fala de Miina é "abafada" pelos seios de Oribe. E Karen comenta: "Não adianta, Miina-san. Sua fala não é páreo para os peitos dela..."- É na parte final do mangá que a diferença com o anime é muito grande. Vejam:
-- No anime, primeiro Miina reencontra a amiga de infância, a corredora Yuuka. É aí que Miina conta a Maiku e Karen sobre seu passado, quando era excelente corredora, e do acidente que lesou sua perna. Já como Karen descobre ser a verdadeira irmã de Maiku: ela, após analisar um detalhe da sua cópia da foto, encontra a casa abandonada onde vivia a mãe deles e o diário onde tudo é relatado. A revelação de Karen a Maiku é bastante dramática. Após saber a verdade, Miina, que ressente-se por não possuir parentesco com os dois, ignora Maiku no colégio, e ameaça ir embora, fazendo Maiku ir buscá-la na estação de trem. Os dois se declaram, se beijam, mas aí Karen intervém e acaba "beijando" Maiku também. E segue o final feliz, com Karen, Miina e Maiku vivendo na casa, os três batendo uma nova foto juntos. Mas ficamos sem saber se eles reencontraram, ou vão reencontrar, a mãe, para que ela esclareça o motivo do abandono.
-- No mangá, o caminho é muito diferente. Sai Yuuka, entra outra personagem, Hanna Miasa, que se apresenta primeiro como a mãe de Karen e, por extensão, de Maiku. Ela conta o porquê de ter abandonado os filhos na infância - devido à crise econômica (a série, sendo assim, previu certinho a recessão que tomaria conta do Japão a partir de 2008 com a crise econômica global!), e conta fatos que permitem deduzir que um dos três é primo dos outros dois - ele é filho da irmã de Hanna. A princípio, a filha de Hanna parece ser Karen, mas Miina, analisando a cópia da foto de Maiku, descobre que houve confusão na narrativa. De fato, é Miina a filha de Hanna. E Maiku e Karen são seus sobrinhos, consequentemente são os irmãos. Quando Hanna decide partir da cidade, Miina resolve partir junto com ela. É no banho público (Karen e Miina, tanto no anime como no mangá, têm suas conversas mais importantes no banho...) que Miina conta a Karen sobre seu passado e sobre o acidente. Quando Hanna e Miina vão pegar o trem, Maiku corre em sua moto para impedir, mas acaba parado na estrada por causa do trem que passa. No desespero de Maiku, Mizuho ajuda, pedindo a Marie para teleportá-lo à estação de trem, em cima da hora da partida. Hanna acaba empurrando Miina para fora do trem e em cima de Maiku, impedindo-a de ir embora. E, antes de bater a foto com Miina e Karen, Maiku mostra a Oribe, Kousei, Morino e Mizuho a casa onde viveu Hanna. O final do mangá, portanto, é bem mais interessante que o do anime, já que é mais redondo e mais fácil de entender.
- E, diferente do anime, no mangá Matagu é esquecido na praia.

E daí, qual dos dois é melhor? Fica a cargo de vocês decidirem. Eu só dei minha contribuição, e não me decidi nem por um, nem por outro. Pfff...
Para terminar, fiquem com Letícia.
Até mais!

2 comentários:

Gabriel disse...

Os dois finais são um lixo, ele devia ter catado as duas...

Wesley Leonardo disse...

Cara, só uma pergunta, Onde vc comprou os mangas de onegai teacher e onegai twins???