sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Animação: IKKITOUSEN GREAT GUARDIANS

Olá.
Hoje, afinal, mando para os ares a trilogia sobre a franquia IKKITOUSEN, a grande representante dos animes ecchi, ou "quase-hentai". E apresento a vocês os aspectos sobre GREAT GUARDIANS, a última série da franquia.
IGG tem 12 episódios, foi produzido novamente pelo estúdio ARMS (também responsável pela série anterior, DRAGON DESTINY), em 2008, também sob direção de Koichi Ohata. Mas esse trecho de aventuras não existe no mangá de Yuji Shiozaki. E, pela história, dá para se perceber.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Livro: GRAN CIRCO DAS AMÉRICAS

Olá.
Uma notícia de 2008 havia passado despercebida por mim: a dos diversos prêmios literários que o escritor catarinense radicado em Curitiba, Cristóvão Tezza, faturou com seu livro O Filho Eterno, que trata da convivência de um escritor com seu filho com Síndrome de Down - o romance é semi-autobiográfico, pois Tezza realmente tem um filho com Síndrome de Down, segundo li.
No entanto, hoje vou falar de outro livro de Cristóvão Tezza. É um livro que há muito saiu de catálogo, nunca mais foi republicado, portanto é mais difícil de se encontrar nas livrarias - e mesmo em sebos. Trata-se de GRAN CIRCO DAS AMÉRICAS, obra publicada em 1979 pela Editora Brasiliense, dentro da série Jovens do Mundo Todo.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Animação: IKKITOUSEN DRAGON DESTINY

Olá.
Conforme o prometido, continuo aqui a trilogia sobre IKKITOUSEN, o anime símbolo do gênero ecchi, ou "quase-hentai", que mistura lutas com garotas em poses comprometedoras. Hoje falaremos da segunda série da franquia baseada no mangá de Yuji Shiozaki: DRAGON DESTINY.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Poesia numa hora dessas?!

Olá.
Tenho de anunciar mais essa antes que seja tarde. Descubro, analisando o blogroll do Interpretações de um Sujeito, do Música Esparsa e do Cinemacc (finalmente começou a atualizar seu blog, hein, Maccari? Leva mal não...), que mais um colega meu tem um blog.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Animação: IKKITOUSEN

Olá.
Um grande amigo meu me disse, uma vez, que achava que os japoneses tinham algum tipo de problema. Particularmente, os criadores de mangás e animes. E não sem razão: basta observar o modo como eles concebem as garotas. Elas sempre são lindas, magras, de olhos enormes e, se tiverem seios enormes, melhor pra eles. Isso foge bastante do biotipo real das japonesas.
Essas quimeras são bastante exploradas particularmente por dois gêneros de anime e mangá: o hentai e o chamado ecchi. Para quem não sabe, ecchi é o estilo "quase hentai", onde existem insinuações sexuais e nudez, mas nada muito explícito.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

O homem, o mito, o cinema

Olá.
Recebi recentemente comentários elogiosos dos meus colegas André Jobim e Ícaro Bittencourt, pelos comentários que fiz de seus respectivos blogs (Interpretações de um sujeito e Música Esparsa). E descubro que outro grande amigo meu montou um blog.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Música Feroz

Olá.
O ser humano é movido à musica. Até hoje, não conheci nenhum ser humano que conseguisse viver no silêncio total. Todos têm suas músicas favoritas: rock, clássico, sertanejo, hip-hop, samba, pagode, funk... Eu também não sou muito dado a trabalhar sem ouvir música. E não tenho preconceito com qualquer ritmo musical, sou eclético com relação à música, pois em todos os ritmos existentes tenho pelo menos três ou cinco músicas favoritas.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Aliche no País das Más Ervilhas

video
Olá.
Nesta casinha de loucos que é o YouTube, podemos encontrar de tudo. Desde bobagens amadoras até material raro, que não é encontrado em nenhum lugar. Quando falo de material raro, falo de desenhos antigos, trechos de filmes antigos, enfim, material que, por um motivo ou outro, não foi mais reeditado, portanto é difícil encontrar em qualquer lugar. Está certo que a qualidade de imagem às vezes chega a desejar, mas não impede que o vídeo seja apreciado como se deve.
Nesse caso, encontrei no YouTube os episódios de uma série que há tempos estava fora de catálogo: Alice Comedies.