segunda-feira, 1 de agosto de 2011

LULUZINHA E BOLINHA - agora com brindes!

Olá.

Semana passada, chegaram às bancas duas novas edições das revistas LULUZINHA e BOLINHA clássicos.

A quem chegou agora, trata-se de uma iniciativa da Pixel Media, que também produz e publica a versão adolescente da personagem, de resgatar a clássica personagem de Marjorie H. Buell, fora das bancas brasileiras há mais de 15 anos.



Todas as histórias destas duas edições foram escritas e desenhadas pela dupla de ouro, John Stanley e Irv Tripp, que produziam as histórias para os gibis. Agora, as edições contam com nova tradução e adaptação.

Nestas duas edições, tem de tudo este mês. Os destaques:
A quinta edição de LULUZINHA traz, como destaques, as histórias: Os peles-vermelhas, uma forma peculiar pela qual Lulu e Aninha vingaram mais uma das sacanagens dos meninos; O Caso do ovo no sapato, mais uma investigação do Aranha - o alter-ego do Bolinha que não descansa enquanto não provar a culpa do pai da Lulu; O Concurso de Beleza, interessante por causa do traço, que parece ser da fase inicial do trabalho de Stanley e Tripp (por isso, é diferente do traço das demais histórias - reparem, por exemplo, que Glorinha tem uma aparência diferente, e que o Clubinho do Bolinha tinha muito mais integrantes que os tradicionais quatro); O Aniversário de Meméia, mais uma da "Pobre Menininha" contra a bruxa Alcéia; e A Visita ao Doente, o retorno à coleção de Seu Miguel, o azarado caça-gazeteiros da escola.
Já a terceira edição de BOLINHA traz os destaques: O químico, mais uma das loucas experiências de Bolinha e seu estojo de química - que culmina com um sacrifício supremo; O homem da lei, relato de um abuso de autoridade; O caso do tambor desaparecido, mais Aranha; A Nuvenzinha Cor-de-Rosa, mais Pobre Menininha; e Criado por um Dia, ou como se vingar em grande estilo de uma sacanagem - Lulu e Bolinha se revidam em igual medida.

Só o que as revistas não têm este mês são Bolinha e seu violino e as páginas de passatempos. Quanto a esta última, a retirada foi necessária, por um motivo simples: este mês, as edições de LULUZINHA e BOLINHA, cada uma, acompanha um livrinho de passatempos!!! Olhem o frontispício de cada um deles:



Mais uma jogada mercadológica da Ediouro, que detém a Pixel Media e a Coquetel, editora de livros de palavras cruzadas. Mas seria melhor se, ao invés de usarem imagens prontas dos personagens para ilustrar os joguinhos, eles desenhassem os personagens - fica muito evidente as montagens e, além disso, muitos detalhes das ilustrações não tem nada a ver. Muito mais para crianças, mesmo.

Cada um dos pacotes com duas revistas (a de HQ e a de passatempos) custa R$ 3,50. Diversão garantida.

E hoje, trago a vocês mais um clipe: trata-se de uma montagem, extraída do YouTube, de Festa do Bolinha, a versão original do grupo Trio Eperança (na postagem anterior sobre Luluzinha, coloquei a versão da mesma canção pelo Palhaço Bozo). No YouTube, existem versões diferentes de clipes montados em cima da canção, que já insinuava um possível romance entre Lulu e Bolinha, muito antes de Luluteen ser publicada. Para colocar aqui, escolhi um dos que achei melhores.

video
E, para encerrar, mais um triplex de Letícia. Na semana que passou, apesar das férias, não tive como desenhar por causa de problemas caseiros. Mas, na medida do possível, vou me reorganizando.
E, lembrem-se: quinta-feira tem Teixeirão no Estúdio Rafelipe e no Cruzaltino!

Até mais!

Nenhum comentário: